2º COMUNICADO – REGIÃO PASTORAL DIADEMA

Aos queridos irmãos e irmãs das comunidades de Diadema!

 Que a graça de Nosso Senhor acompanhe todos na perseverança por dias melhores!

Como planejado e exposto na carta do dia 5 de junho, nesta quinta-feira, dia 2, o clero (padres e diáconos) da cidade de Diadema esteve reunido para refletir sobre a situação eclesial da cidade, particularmente no que tange à retomada gradual das celebrações com presença de fiéis.

As paróquias caminham com seus povos nos bairros, que ainda sofrem as mazelas provocadas pela Covid-19. No meio de muitas dores, surgem iniciativas de esperança, com a criatividade e ânimo de muitos agentes de pastoral, adaptando-se a este tempo que esperamos seja passageiro.

Diadema é uma realidade muito particular na Diocese de Santo André, com muitas periferias imensamente adensadas e nossas igrejas foram sendo construídas como as casas do povo, a maioria pequeninas e não ventiladas. É particularmente difícil encontrar paralelos próximos nas comunidades que nos circundam noutros municípios e que já reabriram as celebrações. Sensíveis a essas dificuldades físicas de nossas igrejas, mas não desejando destoar do desejo de aproximação das celebrações com presença de fiéis, decidimos que na região pastoral Diadema as comunidades paroquiais poderão organizar as missas com presença de fiéis a partir do dia 26 de julho de 2020, observando as seguintes particularidades e justificativas:

1. As celebrações de missas devem seguir rigorosamente o que foi exposto nas diretrizes diocesanas sobre o assunto, em vigor desde o dia 13 de junho;

2. Em Diadema ainda não observamos uma queda acentuada no número de casos e óbitos, bem como melhorias nos índices de internação, isso nos chama atenção para atender, mas com cautela. Assim sendo, cada paróquia organizará um único espaço para suas celebrações, preferencialmente na maior igreja, mesmo que esta não seja a matriz paroquial, a fim de que mais facilmente se atendam as normas. Caso a situação melhore, progressivamente o número de comunidades atendidas será ampliado, após nova avaliação do clero regional.

3. Cada conselho pastoral paroquial definirá outras diretrizes sobre os demais sacramentos e atividades.

4. Em caso de adoecimento dos clérigos, é possível que as celebrações sejam suspensas novamente. Como poucos são os operários, contamos com a colaboração de todos, e especialmente a oração pelas vocações.

5. Um critério importante para esta retomada é a formação dos leigos para o auxílio nas celebrações. Cada pároco organizará, com a ajuda que julgar necessária, formações para pequenos grupos que auxiliarão os fiéis nas missas.

6. Outro grupo essencial para este retorno das missas com presença de fiéis é a equipe de higienização, que deverá ser formada, preferencialmente com pessoas fora da área de risco ou que já tenham se recuperado do Coronavírus com sucesso.

7. Nas comunidades onde não forem formados estes grupos o pároco poderá optar por postergar a reabertura. Deseja-se que este esforço não pese apenas sobre a responsabilidade de poucos.

8. As missas continuarão a ser transmitidas pelas redes sociais dentro da programação de cada paróquia.

Em casos aqui não especificados servem de referência as deliberações diocesanas sobre a questão, consultando-se inicialmente o pároco. O clero da região reavaliará as disposições aqui contidas a partir das primeiras experiências na próxima reunião regional, no dia 6 de agosto.

O senhor bispo está ciente do conteúdo deste comunicado e aprova nossa decisão.

Recorrendo à intercessão da Imaculada Conceição, padroeira de Diadema, desejamos que a bênção de Deus se estenda a todos.

Diadema, 5 de julho de 2020, 14º Domingo do Tempo Comum.

Pe. George Fernandes Jesuraj, SVD, Coordenador Regional
Paróquia Santo Arnaldo Janssen (Campanário)

Pe. Dayvid da Silva
Paróquia Imaculada Conceição (Centro)

Pe. Hamilton Gomes do Nascimento
Paróquia Cristo Rei (Parque Real)

Pe. Roberto Alves Marangon
Paróquia Bom Jesus de Piraporinha (Piraporinha)

Pe. Osvy José Guillarte Figuera
Paróquia Nossa Senhora das Graças (Jardim Ruyce)

Pe. Leandro Alves de Figueiredo
Paróquia Santa Rita de Cássia (Vila São José)

Pe. Clayton Ramos Costa
Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes (Eldorado)

Pe. Antônio Carlos Barreiro, C. Ss. R.
Paróquia Menino Jesus (Jardim Marilene)

Pe. Júlio Rodrigues Neves Júnior
Paróquia Maria Mãe dos Pobres (Canhema)

Pe. Odair Ângelo Agostín
Quase-Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Casa Grande)

BAIXE O DOCUMENTO AQUI