off

Padre Nivaldo, Muito Obrigado!

1937077_995839467169659_2130926384226889488_n

Conforme publicado no site da Diocese de Santo André no dia 30/6, o nosso Bispo Diocesano agradeceu a dedicação e o SIM do Padre Nivaldo para evangelização em nossa Diocese.

O sacerdote ainda permanecerá celebrando em alguns dias conosco, e também poderá celebrar em qualquer outra paróquia da Diocese que solicitar a sua ajuda, mas não terá a obrigação de permanecer em nenhuma paróquia. No dia 31 de julho Pe. Nivaldo comemora seu 79º aniversário natalício.

Como forma de agradecimento a paróquia convida toda a comunidade a participar da celebração em ação de graças pelos seus serviços não só em nossa paróquia mas em toda a Igreja Particular de Santo André, no próximo dia 14 (Sábado) às 16h na Matriz.

 

Pe. Nivaldo que é presbítero emérito (acima de  setenta e cinco anos de idade) incardinado de nossa diocese, está conosco desde novembro de 2015 após o Uso de Ordem para celebrar os sacramentos concedido por Dom Pedro. Confira comunicado publicado no site da Diocese de Santo André.

 

Um pouco sobre o Padre Nivaldo

Padre Nivaldo Lenzi, nasceu em Cedral, Estado de São Paulo. Em 1963, com vinte e três anos, se casou com uma jovem de sua cidade, chamada Josefa. Em 1965 nasceu a primeira filha do casal, Jane Célia. Nesse mesmo ano ele foi eleito vereador na primeira gestão  política  da cidade.

Em 1969, nasceu seu segundo filho, o Nivaldo Junior. Em 1970, mudou com sua família  para Santo André e passaram a participar na Paróquia Cristo Operário, onde seus dois filhos fizeram a Primeira Comunhão e a Crisma; participaram do Grupo de Jovens; se casaram; os filhos deles tiveram toda formação religiosa e até hoje participam desta mesma igreja.

Em 1978 foi convidado pelo Padre lrno, a ser Ministro Extraordinário da Comunhão Eucarística e da Palavra. Em 1998, sua esposa, com sua saúde debilitada, veio a falecer. Ele, viúvo e com cinquenta e oito anos de idade, sem estudar há dez anos, tomou a decisão de retomar os estudos. Terminou o segundo grau, matriculou-se no Instituto de Teologia da Diocese de Santo André. Após concluir este curso, em 2005, fez  dois anos de formação na Escola Diaconal Diocesana, ministrada aos sábados.

Com aprovação do Conselho de Presbíteros da Diocese, no dia 30 de setembro de 2006, foi ordenado Diácono Permanente, mas também transitório, pois foram avaliadas: sua trajetória de vida religiosa, de convivência familiar e comunitária e o compromisso em servir aos irmãos e à Igreja, a fim de se tornar padre. No dia 19 de abril de 2008, foi ordenado sacerdote.

 

Equipe PASCOM.